Buscar
  • WellsCo.

EFD-Reinf: Os desafios das organizações na entrega

Atualizado: 23 de Out de 2018




A Escrituração Fiscal Digital - EFD-Reinf é uma das obrigações que compõem o SPED e é um complemento as informações prestadas no eSocial.


Ela está em fase de implantação e, a partir de novembro será obrigatória para todas as organizações com CNPJ que prestam e contratam serviços realizados mediante cessão de mão de obra e que são responsáveis pela retenção de IR, CSLL, COFINS, PIS/PASEP e INSS.


Um grande desafio enfrentado pelas organizações para aderirem a esta obrigatoriedade é que, para que as informações sejam transmitidas é necessário a empresa ter um sistema fiscal atualizado e compatível para o envio, o que exige adequação tanto de processos para o input de dados, como também de ordem financeira, para arcar com os custos relacionados a melhorias em seus sistemas fiscais atuais.


São diversos eventos, relacionados a: serviços tomados, retenções na fonte sobre pagamentos efetuados, recursos recebidos ou repassados a associações que mantenham clubes de futebol, receitas de eventos desportivos, produtores rurais e empresas sujeitas a contribuição previdenciária por receita bruta; que exigem o preparo da equipe tributária para o envio.


Apesar da perspectiva de prorrogação por parte da Receita Federal ser alta para a entrega da EFD-Reinf, os ajustes necessários para sua adequação são muitos e não estar pronto quando esta obrigação entrar em vigor implicará em multas que impactarão diretamente a saúde financeira da empresa.


Necessita melhorar o sistema fiscal de sua empresa para se adequar a EFD-Reinf?


Conheça a área de consultoria tributária da WellsCo. que reúne automação e melhoria de processos. Entre em contato conosco!

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo